• facebook
  • twitter
  • youtube
  • blog
  • g+
  • email
  • rifa para ajudar animais
  • camisetas ong animais
  • adote um cão ou gato

Curiosidades...

 

Meu depoimento - O amor de várias formas!!!

Cresci acreditando que hamister era nojento, repulsivo, UM RATO!!! Minha mãe não gostava e me passou nos primeiros anos da minha vida esta sensação desagradável. Quando conheci o Mauro, ele tentou me convencer do contrário durante anos. Ele amava hamister e já tinha tido vários no decorrer de sua vida, e até uma rata branca de laboratório, a Rebeca que foi salva por uma estudante de veterinária.

Ele tentava me dizer o quanto docê sua Rebeca era, que o acompanhava e amava carinho, mas eu sempre me afastava. Quando íamos nas petshops, ele me chamava para ver os bichinhos e eu parecia encarnar minha mãe rsrsrs, eu dizia, credo, como fede!!! Os anos foram se passando e eu aprendendo a cada dia que todos os animais retribuem com amor e carinho quando recebem isto. E comecei a abrir minha mente para a possibilidade de ter um hamister, isto tornaria o Mauro muito feliz e como ele é meu companheiro na empreitada com os bichos, comecei a achar que esta cumplicidade faria bem para nós dois.

Comecei a ver os bichinhos com outros olhos até que um dia, em uma petshop, me deparei com uma cena que mudou minha visão em relação a isto imediatamente. Uma mamãe hamister com seus bebês, protegendo, cuidando, e levando como se fosse um gatinho, um bebê desgarrado de volta ao ninho!!!! Meu Deus, como isto me fez sentir mesquinha e babaca, por que o preconceito? eles são mamíferos e ela tinha por seu bebê, a mesma preocupação e cuidado que um cão, gato, porco e etc...

Decidi então que havia chegado a hora e presenteei o Mauro em seu aniversário com a Cherry, uma hamister chinesa linda e com muita personalidade!!! Rsrsrsr Não preciso dizer que em poucas semanas a Cherry já havia conquistado meu coração completamente. Amo a Cherry com todos os poros de meu corpo!!! Ela é linda, carinhosa, divertida, companheira e limpinha (acredita que ela só faz xixi em uma caixinha com pó de banho??? Como um gatinho!!! Rsrssr).

Os meses foram passando e um mês antes de completar dois anos (a estimativa máxima de vida de um bichinho desta espécie) minha preocupação com sua morte se agravou pois ela começou a fazer xixi com sangue. A veterinária me orientou um antibiótico e comecei a medicar, mas não me deu muitas esperanças... Comecei o tratamento com o medicamento e vitamina. Um dia, depois do fim do tratamento, cheguei em casa e percebi que havia sangue na rodinha, na gaiola e em seu potinho de xixi!!!

Me bateu o desespero e como o dia já havia sido horrível, chorei por 2 horas e meia prevendo que esta seria a última vez que veria a Cherry viva... Nestas horas ela ficou na minha mão, quietinha (o que era de se estranhar pois ela sempre foi muito ativa). Naquele momento criou-se um elo entre nós que realmente nunca havia imaginado... Ela ficou em minha mão dormindo, e todas as vezes que eu tentava colocá-la na gaiola, ela acordava e pedia para sair de novo (mais uma coisa deliciosa da Cherry, ela aprendeu a mecher a portinha da gaiola quando quer sair, o barulho que a portinha de ferro faz nos alerta que ela quer atenção!!!) rsrsr.

Aquela noite eu jamais esquecerei e sei que ela sobreviveu pois em minhas preces eu implorei a São Francisco que me desse mais alguns dias com ela pois ainda não estava preparada. Ele não só me deu alguns dias a mais, como também uma alegria infinita pois depois desta revelação, todas as noites, a Cherry dorme por uns 15 minutos em meu peito enquanto assisto TV. Vocês fazem idéia a sensação de ver uma ratinha dormindo em seu peito, confiando plenamente em você, e até roncando...

Hoje é dia 10/10/2008, a Cherry continua em tratamento e continua urinando sangue, ela está vivendo acima de suas expectativas, mas a cada dia que passo ao seu lado agradeço a Deus pela oportunidade de desfrutar de tamanho amor!!! A Cherry me ama com um amor ainda mais intenso e único do que eu a amo. Eu e o Mauro somos o centro do seu universo e nada para ela tem sentido, se não brincamos com ela!!! Ao trazer um bichinho para casa, não o abandone na gaiola, aproveite os momentos com ela o máximo que puder, você vai se beneficiar com isto!

O que eu gostaria que vocês soubessem? Todo animal é um ser provido de infinito amor, fidelidade e carinho, se nós dermos a chance dele nos conquistar!!! Quando trazemos um animal deste para nosso lar temos que ter conciência que ele é totalmente dependente de nós, que nosso amor os guia e nossa companhia alegra seu dia, que nossa atenção ilumina sua vida e que sem nós, eles nunca serão completos...

Por isto, ame intensamente, você ganha e seu pet também...
 

INFELIZMENTE MINHA CHERRY FALECEU ONTEM, 16/10 EM MINHA MÃO ENQUANTO FAZIA INALAÇÃO NELA!!! Um pedaço de mim se foi...

Os animais não são para a nossa vida toda, mas eles fazem nossas vidas, eternas...

Marta Naufal Arruda - petfeliz - 16/10/2008