• facebook
  • twitter
  • youtube
  • blog
  • g+
  • email
  • abrigo de animais
  • quero adotar cão ou gato
  • adoção com responsabilidade

Dicas...

 

Dicas para cuidar do seu gatinho na fase de desmame

Dicas importantes para cuidar do seu gatinho na fase de desmame por Marta Naufal Arruda - Petfeliz protegendo animais

Areia granulada – evite a sílica e escolha as areias de argila, sem cheiro e grãos pequenos. Nesta fase da vida é normal que comam algumas pedras de granulado, sílica pode envenenar e engasgar, podendo levar a óbito. Quando estiverem maiores e não tiver mais o interesse em comer, pode escolher a areia de sua preferência. Bebês podem chorar quando estão usando a caixa de areia, é normal, não se preocupe.

Mantenha aquecido – bebês nesta fase sentem muito frio e não conseguem manter a temperatura do corpo sozinhos, geralmente se aquecem na mãe e irmãos, mas mesmo assim, nós aqui temos que ficar atento a friagem, vento, então mantenha ele em cobertas quando dormir e muito cuidado com friagem do chão gelado. Não deixe que durma fora de sua caminha e coberta.
Deixe o bebê nos primeiros dias fechado em um quarto com coberta, caixa de areia, água, comida. A restrição de espaço é muito importante para que se acostume com o local, a casa, os donos, e para que vc tenha controle se está se alimentando, bebendo água, usando a caixa de areia certinho, principalmente se existem outros gatos. Além de prevenir o susto dele se esconder em qualquer frestinha e vc não encontrar.
Ração – nesta fase de desmame é muito importante o uso da ração própria para desmame. Recomendo a que eu estava oferecendo a eles, a ração Royal canim mother and baby cat própria para desmame. Esta ração é muito boa, não provoca diarreia, tem em pasta (latinha) e seca. Comprar as duas versões e dar a pastinha 3 x ao dia pelo menos, se estiverem comendo seca. Após 20 a 30 dias (conforme minha recomendação), pode trocar pela ração de filhote. Sugiro Premium ou super Premium. Rações comerciais não nutrem (me pergunte qual não dar se tiver interesse) e fazem o gatinho comer mais, engordar, fazer muito cocô, soltar pelos e principalmente, provoca problemas renais com o passar dos anos pois tem muito sal para se tornar palatável. Economize em ração e gaste em veterinário depois, é a pura verdade.
Verifique com atenção se estão comendo e bebendo água. Se não estiver comendo muito, estimule colocando um pouco de ração na boquinha com cuidado. Se não estiver bebendo água coloque em uma pequena seringa sem agulha e pelo cantinho da boca, vá soltando levemente ou enfie o focinho dele na água para que sinta o sabor e aprenda a beber. Normalmente ensino tudo isso aqui, mas fique atenta.
Se tiver uma balança de cozinha, pesar com frequência nesta primeira fase para verificar se está havendo ganho de peso.
Hiper ativos – filhotes com mais de 2 meses são muito ativos e brincalhões. È normal que mordam na fase de filhote como brincadeira, podem escalar a perna, muitos sobem no ombro, eles precisam de carinho, atenção, brincadeiras. Deixe brinquedos espalhados pela casa, bolinhas, fiozinhos, arranhador, uma bolinha de papel, uma fitinha grande, tudo é diversão. Atente ao fato de demonstrar interesse a ponto de comer algo diferente (fio pequeno, algodão, plantas que podem ser venenosas etc), se sim tire do seu alcance e preste atenção. E eles adoram brincar de madrugada. Kkk Felinos são animais noturnos. Mas vão se adaptando com o passar dos meses a nossa rotina.
Vacinação e vermifugação – normalmente ele toma uma dose de vermífugo aqui, siga minhas instruções quanto a este quesito e lembre-se que o ideal é vermifugar a cada 6 meses mesmo sem acesso a rua, trazemos vírus e bactérias em nosso sapato e eles se lambem. Vacinação após 2 meses de vida a primeira dose, depois anualmente.
Castração – todo petfeliz é doado mediante ao compromisso da castração posterior quando ainda não estão em idade de serem castrados antes de doados. Sugiro a castração de 3 a 5 meses. A partir desta idade pode acontecer o cio, o que tornará a gatinha muito manhosa, miando muito, e se tornando mais velha. E no caso dos machos, sentem cheiro de fêmea há um km, começam a demarcar território. Quando castrados de filhote, mantém a pureza e característica de bebê. Castração é um ato de amor, vida longa, saudável e feliz para seu pet.
Cuidados
Cuidado com as janelas e sacadas mesmo tendo telas de proteção, eles ainda são muito pequenos e devem passar pelos buracos então, faça o teste e se a cabeça passar pelo buraco, o corpo passa também então mantenha fechado para segurança deles e sua tranquilidade.
Cuidado pois gatos pequenos gostam de escalar as coisas mas não tem habilidade de descer e podem se machucar. Não deixe ele dormir na sua cama enquanto é muito filhote e não tem autonomia de descer. Eles não tem dimensão de altura e se ferem gravemente.
Transporte sempre seu felino em caixa de transporte, se possível opte na compra de caixa de transporte com porta de ferro, alguns transportes portas plásticas frágeis, são fáceis de serem abertos pelos felinos na hora do medo.
A ALEGRIA DE AMAR E SER AMADO POR UM PET NÃO TEM PREÇO. AME INTENSAMENTE POIS ELE SERÁ SÓ DIVERSÃO E FIDELIDADE.
 
Fonte: Marta Naufal Arruda - petfeliz protegendo animail
Pode usar, compartilhar, divulgar estas informações com o intuito de ajudar outros pets que precisam, mas por favor não exclua a fonte.