• facebook
  • twitter
  • youtube
  • blog
  • g+
  • email
  • abrigo de animais
  • quero adotar cão ou gato
  • adoção com responsabilidade

Dicas...

 

Gatos que miam muito à noite. O que fazer?

Gatinho miador - Excesso de vocalizações

“ É preciso manter o pensamento flexível, a fim de que as idéias preconcebidas e convicções antigas não roubem a oportunidade de obter conhecimentos novos e mais amplos. Devemos estar sempre prontos a expandir a mente e a descartar qualquer idéia, mesmo que firmemente enraizada se, sob uma experiência mais ampla, surgir uma verdade maior.” Edward Bach.

Os gatos miam para expressar seus sentimentos e desejos. Alguns gatos são mais ruidosos que outros . E, parte desse ruído é inato: os gatinhos miam para chamar suas mamães gatas quando querem alguma coisa e , transferem esse comportamento para o dono, que é o fornecedor de alimento. Mas, grande parte do excesso de ruídos é aprendizado:

O bichano aprende que, sempre quando mia, desencadeia uma reação no proprietário e, isso vai permitindo que ele controle seu dono. Gatos selvagens miam muito menos do que os domésticos.  Os gatos aprenderam que, miando, chamam a atenção dos humanos para as suas necessidades . Os bichanos criam várias vocalizações só para estabelecerem comunicação com os humanos. Já foram identificados cerca de 100 miados diferentes. Para educar seu gato, convém que não lhe dê demasiada atenção nem tão rapidamente . Com o tempo ele vai entendendo e aprendendo  a diminuir o excesso de miados.

Recebi a seguinte pergunta:
“Meu gatinho tem passado boa parte da noite miando. Mas eu não sei o motivo. Gostaria de saber se tem algum floral indicado. Ele tem 9 meses. Quando era mais novinho vivia correndo e brincando – hoje em dia já brinca menos mas, adora brincar de corrida com o ratinho e de pegar nossa mão ... Não ocorreu nenhuma mudança no ambiente. Normalmente ele fica em casa sozinho durante o dia mas, assim que chego em casa brincamos bastante e faço todos os “rituais” necessários (escovação, vitaminas, etc.). Ah, ele não é castrado. Mariana.”

O gatinho podia estar querendo chamar a atenção de sua dona pois, fica o dia inteiro sozinho em casa. É como se ele pedisse: “ Olhe para mim, fiquei sozinho, quero sua companhia!”.

Sugeri os seguintes florais de Bach: honeysuckle + heather + chicory + vervain + willow.
4 gotinhas 4 vezes ao dia, diretamente na boquinha.

Após duas semanas de tratamento, recebi o seguinte e-mail: “Mandei fazer os florais conforme você recomendou há 2 semanas atrás e, funcionou perfeitamente!!!! Obrigada. Mariana .”

Os filhotinhos brincam mais que os gatos adultos. E, não é interessante mexer no temperamento do bichinho só para satisfazer o proprietário. A índole do bichinho pode ser esta e, e ele pode estar feliz.
Devemos nos lembrar: Gato não faz o que a gente quer – gato faz o que ele quer !!!! O que importa é ele estar alimentando-se bem, bebendo água, limpando-se enfim, com saúde e feliz.

Os florais de Bach, tratam o indivíduo e não a doença. As essências não são químicas – elas são vibracionais, são energia. Os florais tratam  a índole e o temperamento do animal. Porém, suas características individuais devem ser respeitadas, caso não estejam sendo sintoma de alguma doença  ou transtorno, estresse, etc.

 

Martha Follain – Formação em Direto,
Neurolingüística, hipnose, regressão.
Terapia floral – animais e humanos.
CRT 21524.
www.floraisecia.com.br