• facebook
  • twitter
  • youtube
  • blog
  • g+
  • email
  • abrigo de animais
  • quero adotar cão ou gato
  • adoção com responsabilidade

Dicas...

 

Florais de Bach indicados para tratar problemas de comportamento do cão

Os florais de Bach atuam, energeticamente, harmonizando a personalidade. Agem trazendo a harmonia e o equilíbrio da mente com o corpo, reagindo contra os estados de ânimo negativos (também nos animais) como irritação, impaciência, ansiedade, medo, agressividade, depressão, etc.

As essências dissolvem padrões negativos e, acentuam as qualidades, os padrões positivos. Os florais tratam o animal doente, não a doença. Antes de mais nada, você deve levar seu cão ao veterinário se, perceber alguma mudança nele. Os florais são uma terapia complementar e não alternativa. Podem ser usados junto com qualquer outro tratamento.
As essências não são químicas, são vibracionais – elas são energia.

Os florais tratam a personalidade, a índole e o temperamento do animal. Os florais aqui indicados não são um guia. São, apenas, uma sugestão. Consulte, sempre, um terapeuta floral.

1-Medo de rojões, fogos, trovões
2-Agressividade
3-Compulsividade
4-Roer móveis e objetos
5-Latir demais
6-Pular demais
7- Urinar e defecar fora do local apropriado

1- Medo de rojões, fogos, trovões

Os cães possuem uma capacidade auditiva incrível. Eles ouvem com uma intensidade muito maior que a nossa.

-mimulus
Trata o medo de coisas conhecidas. Primeira essência que o Dr. Bach descobriu. Medo de rojão, barulho forte, trovão. O animal tenta esconder-se e, muitas vezes, chora
-rock rose
Trata o terror e o pânico. É um grau acima do mimulus. Pânico de trovão é diferente de medo de trovão – no pânico o animal treme e pode babar. Chora. Muitas vezes, o animal fica frio.. Essa essência dá heroísmo.

2- Agressividade

Os casos mais comuns são agressão por medo – neste caso usar os florais indicados para medo de rojões. Ou agressão por dominância – de uma forma geral, acontece quando o cão tem “liberdade” demais.

-cherry pum
Trata comportamentos incontroláveis. Cão que avança em qualquer pessoa. Não precisa haver um motivo.
-holly
Trata ódio, inveja, ciúmes destrutivos. O Holly refaz a capacidade de amar. Para tratar animais com aversões específicas: um determinado animal, gatos, aves, etc.

-vine
Dominador inflexível. Não aceita ser contrariado. Tenta dominar o proprietário ou outros animais . Trata animais agressivos ou cruéis com as pessoas e com outros animais. Para todos os animais que defendem demais o seu território. É quando a dominação justifica a agressão. Questões relacionadas à posição hierárquica e ao território.
-beech
Para tratar agressividade por intolerância. Implicância. Trata a agressividade por intolerância com os outros – pessoas ou animais. O beech é indicado quando questões de território não estão envolvidas.

3- Compulsividade (lamber as patas sem parar, perseguir o rabo, morder as patas, etc) .

Os cães, necessitam se distrair e brincar. O comportamento compulsivo pode começar pelo tédio ( cão solitário ou muito ansioso).

-rescue
Trata o estresse e a tensão, relaxando , restituindo a calma.
-cherry plum
Trata comportamentos incontroláveis. Para tratar comportamento auto-destrutivo como, morder, arrancar a pele ou lamber-se excessivamente.
-white chestnut
Para tratar pensamentos indesejáveis, persistentes, repetitivos. Para tratar qualquer comportamento obsessivo – mania de lamber ou de mordiscar a pele ou patas até fazer feridas, mania de coçar ou de sacudir rapidamente a cauda, como um chicote. Hábito de comer moscas, hábito de morder o flanco e de morder a cauda. O estresse também pode levar à coceira constante.
-sweet chestnut
Para tratar a angústia mental. Em casos de auto-mutilação. Para tratar cães que se coçam a ponto de provocar feridas, devido a problemas de ouvido ou pele.
-crab apple
Quando o animal tem secreções, feridas abertas e, fica se lambendo muito. Para tratar animais que se limpam de forma obsessiva. Para tratar feridas causadas pela mania de se lamber.
-rock water
Para tratar perfeccionismo. Para tratar compulsividade. Para tratar cães que querem passear só no mesmo horário, que só utilizam uma vasilha específica, etc.
-clematis e wild oat
Podem ser usados (juntos ou separados), se o cão estiver entediado.

4- Roer móveis e objetos

Nos filhotes é comum, por causa do nascimento e troca dos dentinhos. No adulto – ele pode estar querendo chamar a atenção.

- chestnut bud
Para aprendizado. Para romper maus hábitos.
-willow
Para tratar ressentimento, mágoa, negativismo. Trata o comportamento rancoroso e o mau humor. Para tratar animais que parecem se vingar e que começam a destruir as coisas, principalmente as que pertencem ao dono.

5- Latir demais

Não existe um motivo específico que cause esse problema. Acredita-se que, na maioria dos casos, os latidos em excesso são para conseguir atenção. Alguns adestradores, consideram latidos em excesso como falta de educação e imaturidade.

-vervain
Para tratar animal muito barulhento, muito agitado. Animal que “fala” muito. Trata o excesso de entusiasmo e a impulsividade
-heather
Trata animais que fazem barulho para chamar a atenção ou por sentirem solidão. Para animais barulhentos, inoportunos. Para tratar cães que latem, rosnam, choramingam ou uivam excessivamente. Trata o animal manhoso.
-chicory
Trata a necessidade de chamar a atenção. Para animais que latem, mordem ou vomitam para impedir que sejam deixados sozinhos.
-cerato
Essa essência ajuda no comportamento de adolescente, de imaturidade. Para animais que têm um comportamento social inadequado, como latir demais.

6- Pular demais

Da mesma forma que latir demais, o cão, geralmente pula demais, para conseguir atenção. Pode ser, também, considerado falta de educação e imaturidade. Além dos mesmos florais indicados para latir demais, usa-se também:

-impatiens
Para tratar cães que pulam muito, como o poodle. O animal é acelerado. Não gosta da solidão, não gosta do silêncio.
Essa essência é indicada também para o cocker.

 

7- Urinar e defecar fora do local apropriado

Antes de mais nada, você deve levar seu cão ao veterinário, para constatar se não há nenhum problema de infecção na bexiga, nos rins, etc .Ou qualquer outra doença.

-cherry plum
Para tratar descontrole emocional. Para tratar incontinência urinária e perda de fezes involuntária.
-clematis
Para tratar animais difíceis de treinar – difícil o treinamento para urinar e defecar no local adequado. Animal que dorme muito. Para tratar animais entediados.
-chestnut bud
Para aprendizado. Para a fase de adestramento. Para romper maus hábitos. Para tratar cães que urinam e defecam fora do local apropriado.
-holly
Para tratar ciúmes, inveja, ódio. O animal é destruidor, agressivo, vingativo. Refaz a capacidade de amar. Quando o cão começa a urinar e defecar fora do local por causa da chegada de outro animal.
-larch
Para animais que perderam a auto-confiança e começam a urinar e defecar fora do local. Para tratar animais que foram maltratados ou traumatizados por um certo tempo. Para filhotes também.
-willow
Para tratar ressentimento, mágoa. Trata o comportamento rancoroso e o mau-humor. Para animais que parecem se vingar ou mostrar seu rancor urinando ou defecando em lugares impróprios, como na cama do dono, por exemplo.
-rock water
Para tratar teimosia. Para problemas de adestramento. Para cães que reagem a qualquer problema urinando ou defecando pela casa. É a única essência que não é feita de flores – é água mineral – de Gales.
-rescue
Quando o animal está estressado, tendo e reage fazendo as necessidades fora do local apropriado. O rescue relaxa, restituindo a calma.

 

Martha Follain – formação em Direito
Neurolingüística, hipnose, regressão.
Terapia floral – animais e humanos.
CRT 21524
e-mail : mfollain@terra.com.br