• facebook
  • twitter
  • youtube
  • blog
  • g+
  • email

Poemas Sobre Animais...

 

Cachorro de Rua

“Eu sou um cão, nem sei se sou de raça ou não, para mim não tem diferença, vivo nas ruas, porque meu dono me abandonou, não cuidou de mim, não me protegeu, não sei se fiz algo errado. Agora eu vivo no lixo, na chuva, no sol, nas ruas, perdido sem rumo, sem amor.  Eu não pedi por isso, mas agora essa é a minha vida. 

Tento fazer amizade com outros cães, mas eles me cheiram e me atacam, tento me aproximar de outras pessoas, procurando meu dono, mas eles me chutam e jogam coisas em mim. As vezes consigo um pedaço de pão ou encontro um saco de lixo com cheiro de comida, não me importo, a fome é tanta que como o que aparecer.

Não durmo direito, pois sempre tem alguém para me enxotar, um rojão me assusta ou começa a chover. Estou sempre cansado, com fome, com medo, com sede, as vezes com frio e às vezes com muito calor, minhas patas estão com calo e doem, meu pelo esta sujo e estou cheio de pulgas, acho que estou doente, mas não tenho a quem recorrer, me resta esperar pela morte, eu só queria um dono, um dono qualquer, para amar e proteger. 

Acho que não sou um bom cão, talvez se fosse de alguma raça, peludinho, pequenino, branquinho, nunca mordi ninguém, mas as pessoas têm medo ou nojo de mim. Eu só queria um dono, um dono qualquer, de qualquer raça. Assinado; Cachorro de Rua”

 

Os animais foram domesticados pelo homem, agora não é justo abandoná-los. Nossa sociedade precisa de consciência sustentável e a adoção daqueles que foram abandonados pelos ignorantes é a solução da super populações de cães e gatos. Comprar animais é promover o sofrimento dos procriadores e alimentar uma indústria podre que deveria ser crime como tráfico de drogas, são abutres que sobrevivem do sofrimento daqueles que não sabem se defender. 

As fabricas de filhotes são uma realidade, os cães que não produzem mais e filhotes doentes são sacrificados de forma cruel. Seja um ser humano melhor, mais consciente de seus atos, promova um mundo melhor para as futura gerações, não importa sua religião, suas crenças, promover sofrimento para animais indefesos é covardia e crueldade. Juntos, os bons podem vencer o mal. E para que o mal vença basta que os bons não façam nada. A sua parte é adotar, ajudar a compartilhar, divulgar a ideia da adoção, repudiar os que compram e os que vendem. Denunciar os que mal tratam, abandonam e agridem os indefesos. Nos, humanos, somos melhores do que isso. Mauro Arruda - Petfeliz, protegendo os animais​agridem os indefesos. Nos, humanos, somos melhores do que isso. Mauro Arruda - Petfeliz

Mauro Arruda - Petfeliz